Fabricante de ônibus teve prejuízo de quase R$ 15 milhões no primeiro trimestre