Dos entrevistados da região, 69% acham que o desemprego vai crescer