Soma de aportes no primeiro semestre chega a R$ 34 milhões

O novo aporte vai impactar, diretamente, os resultados da unidade de Panambi

Na semana em que completa 96 anos, comemorado em 12 de maio, a Kepler Weber anuncia um pacote de R$ 22 milhões em investimentos, além dos R$ 12 milhões já divulgados nos resultados do primeiro trimestre. A maior parte do montante (R$ 22 milhões) aprovado pelo Conselho de Administração será destinada especificamente para a modernização das fábricas e aprimorar o posicionamento da empresa em Governança Ambiental, Social e Corporativa (ESG).

A Kepler Weber tem duas unidades industriais no Brasil, uma em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e outra em Panambi, Rio Grande do Sul. O valor anunciado agora será aplicado na aquisição de equipamentos para ampliar a capacidade produtiva da empresa, que iniciou o ano com mais de 200 obras simultâneas espalhadas pelo Brasil, o melhor resultado dos últimos anos. Com os R$ 12 milhões anunciados no primeiro trimestre, segundo o balanço da companhia, a empresa atinge R$ 34 milhões em investimentos. O maior volume, de janeiro a março, foi destinado para a planta de Campo Grande, com a implantação de três novos equipamentos.

O novo aporte vai impactar, diretamente, os resultados da unidade de Panambi. Além de ampliar a capacidade produtiva, os novos equipamentos reforçam a preocupação da empresa com a sustentabilidade, porque agregam melhor eficiência energética à produção, reduzem a emissão de poluentes, além de ampliar a segurança dos colaboradores.

“Estamos em um momento muito especial da história da empresa, com cenário positivo para os negócios”, comenta Piero Abbondi, CEO da Kepler Weber. “Estas novas máquinas representam um aumento de 30% na capacidade de produção, o que nos permitiu, inclusive, internalizar a fabricação de algumas peças que eram terceirizadas”, explica Fabiano Schneider, gerente industrial e de inovação da Kepler Weber.