A Brigada Militar (BM) interrompeu uma festa clandestina em Linha Harmonia, interior de Teutônia, por volta das 2h30min, na madrugada deste domingo (11). Cerca de 150 pessoas estavam no local.

A BM recebeu a denúncia da festa e foi até o local averiguar. A guarnição constatou a presença de cerca de 150 pessoas e identificou os organizadores. Conforme relato, eles cobraram R$ 20 como ingresso do evento. Foram apreendidos copos de alumínio com dizeres “Role Clandestino”, bebidas alcoólicas e 12 buchas de maconha, pesando 21,9 gramas.

Alguns participantes foram identificados, porém muitos fugiram em direção a matagais nas proximidades. A BM confeccionou contra os organizadores um Termo Circunstanciado pelo crime previsto no Art. 268 de infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. A pena varia de um mês a um ano de detenção e multa. Em relação às drogas foi registrado um Boletim de Ocorrência por tráfico de entorpecentes.

Santos

Centenas de jovens se reuniram entre a noite de sábado (10) e a manhã deste domingo (11) em “bailões” de rua que aconteceram em Santos e Guarujá, no litoral de São Paulo. As festas aconteceram em meio à pandemia do novo coronavírus, e participantes desrespeitaram medidas de prevenção como distanciamento social e uso obrigatório de máscaras em locais públicos.

Imagens obtidas pelo G1 mostram a festa que aconteceu em Santos, no Morro São Bento. Nos vídeos, é possível ver dezenas de carros estacionados nas vias laterais ao evento, bloqueando a passagem do trânsito e dos moradores no morro. A rua São Miguel, onde o evento se concentrou, foi tomada pela multidão de pessoas durante toda a madrugada.

De acordo com o anúncio nas redes sociais do “Baile da Colômbia – O Retorno Pós Pandemia”, o evento começou às 23h30 de sábado (10) e terminou por volta das 10h deste domingo (11). Cerca de 1,3 mil pessoas confirmaram presença na festa, enquanto mais 1,9 mil tinham interesse em comparecer no convite do evento no Facebook.

Outras imagens, compartilhadas nas redes sociais, mostram os jovens na manhã deste domingo (11), ainda em festa, na mesma rua. O evento esteve lotado até a manhã, contando com diversos shows de DJs, cantores de funk e até fogos de artifícios e sinalizadores.

Itália

Uma festa de casamento com 200 convidados provocou um surto de infecção do novo coronavírus (Sars-CoV-2) em Monte di Procida, na região da Campânia. Nas últimas horas, mais 13 pessoas que estiveram no evento, realizado no início da semana passada em um salão na cidade vizinha de Bacoli, testaram positivo para a Covid-19.

Após as autoridades locais serem informadas dos primeiros casos, o prefeito de Monte di Procida, Giuseppe Pugliese, “blindou” a região na última sexta-feira (9) e determinou o fechamento de escolas, parques públicos e privados, galerias de arte e clubes para idosos.

Além disso, a prática de esportes também foi proibida com o objetivo de conter a propagação do contágio. Diante do agravamento da situação, a prefeitura estendeu a ordem até a esta terça-feira (13).

Pugliese ordenou a criação de um ponto de proteção extraordinário na Câmara Municipal e todos os participantes do casamento serão convocados para que as condições de saúde possam ser verificadas. Desde o início de agosto, apenas 14 casos positivos haviam sido registrados no município