Decisão favorece a abertura de mercados para proteínas de origem animal da região