Atual vice-presidente foi o escolhido para comandar a entidade no biênio 2021-2022

O encontro com os presidentes de entidades filiadas se deu por ambiente virtual

Por meio de uma assembleia, a Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande Sul (Federasul) definiu nesta quarta-feira (25) o seu novo presidente. O encontro com os presidentes de entidades filiadas se deu por ambiente virtual, onde foi apresentada, em chapa única, a próxima gestão, que será comandada pelo atual vice-presidente, Anderson Cardoso. Ele afirmou que dará continuidade aos projetos da presidência de Simone Leite. Disse, ainda, que buscará, em sua gestão, no biênio 2021/2022, utilizar a tecnologia para maior conexão e geração de oportunidades para a entidade e suas filiadas. Uma das marcas que quer implementar é a utilização da inovação como ferramenta para contribuir com o desenvolvimento sustentável do Rio Grande do Sul.

Cardoso tem 43 anos e é natural de Soledade (RS). Filho de uma bancária e de um funcionário público, mudou-se para São Leopoldo em 1994 para cursar Ciências Jurídicas e Sociais na Universidade do Vale do Rio do Sinos (Unisinos), graduando-se no ano de 1999. É especialista em direito tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários (Ibet) e em direito tributário, financeiro e econômico pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Estudou, ainda, na Yale University (Management Program for Lawyer) e no Insead (Programa de Gestão Avançada, em parceria com a Fundação Dom Cabral). Ele é um dos sócios fundadores de Souto Correa Advogados, banca de atuação nacional na área do direito empresarial. Entre os principais setores que atua estão energia, eletroeletrônico, petroquímica e tecnologia.