Nas primeiras movimentações financeiras de campanha registradas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no DivulgaCand, o candidato a prefeito do Recife pelo PSB, João Campos, aparece como quem recebeu a maior doação na primeira semana da disputa em todo o País: 5,25 milhões de reais, repassados na última sexta-feira pela Direção Nacional do partido.

O valor é quase o teto do que o candidato poderá gastar no primeiro turno — que é de 7,52 milhões de reais. O PSB também repassou 1,03 milhão para Tiago Andino, candidato a prefeito de Palmas (TO).

A maior parte das direções nacionais dos partidos, que manejam a distribuição desses recursos, tem distribuído repasses não para os candidatos em si, mas para os diretórios estaduais e municipais das respectivas legendas, de onde o dinheiro deverá ser repartido entre as candidaturas locais.