A Uruguaia é um livro de Pedro Mairal, publicado recentemente, no ano de 2018. Trata-se de uma epopeia, quase tal como Odisseu, relata Rafael Libman, leitor assíduo e apaixonado pelo universo da leitura. O empresário comenta sobre a obra que fez o maior sucesso na literatura espanhola, bem como está fazendo sucesso aqui no Brasil.

A narrativa conta a história de Lucas, um quarentão que parte para o Uruguai e nessa odisséia, surge a ideia de um reencontro com um amor de muitos anos. É um livro envolvente, com uma linguagem sutil, a qual prende o leitor ao longo das páginas. 

De forma sútil também, apresenta bifurcações imbuídas de questões um tanto quanto filosóficas, ressalta Rafael Libman. A narrativa é construída através de flashbacks, perpassando pelo presente e pelo passado. Como dito, Lucas tem 40 anos e o livro expõe diversas questões, não se trata de uma crise de meia-idade, mas o teor lírico é endossado na narrativa, fazendo com que essas questões tornem-se pungentes e envolventes.

A princípio, Lucas iria para Uruguai com o objetivo de sanar alguns problemas financeiros, porém as coisas mudam no meio do caminho e Lucas encontra diversas questões intrínsecas. O protagonista se vê um pouco desiludido, sem ânimo para sua vida, enquanto pensa sobre as coisas que já viveu. 

É um exercício do pensar, enfatiza Rafael Libman. O romance é, sobretudo, amor. Traz à tona experiências vividas, arrependimentos e culpas, bem como a libertação e a aceitação de tudo que passou. É um livro leve que faz pensar com leveza e sutilidade as grandes questões da vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui