Fernando Siqueira Carvalho
Fernando Siqueira Carvalho

Segundo o entusiasta de automóveis Fernando Siqueira Carvalho, o carro elétrico se tornou um símbolo para a preservação do meio ambiente e é considerado a mais fina realização da engenharia moderna. Fernando Siqueira Carvalho conta que, por mais que a  ideia de um carro que não emite gases prejudiciais ao meio ambiente pareça inovadora, ela já existia em 1880.

Fernando Siqueira Carvalho explica que na virada do séc XX, existiam três tipos de carro no mercado, sendo eles: a vapor, elétrico e a combustão interna.  Na época não havia grande preocupação com o meio ambiente e, com o aumento de automóveis na rua, consequentemente a poluição ganhou espaço.

Sem dúvidas, pensando na melhoria de vida, o carro elétrico é uma ótima opção para diminuir o estrago já causado por tantos anos. Mas afinal, o carro elétrico realmente não polui?

Fernando Siqueira Carvalho conta que tudo depende da forma que você abastece o carro. Se você o carrega em fontes de energia geradas por usinas de carvão e petróleo, a poluição será a mesma. Se for gerada por usinas hidrelétricas e a gás, o impacto diminui. Porém, se a fonte de energia é renovável , com energia eólica, solar ou nuclear, o carro cumpre com seu papel, e não agride o meio ambiente.

Fernando Siqueira Carvalho conta ainda que, o carro elétrico possui grande potencial para contribuir com a preservação do nosso futuro. No Brasil, por exemplo, por mais que haja um enorme potencial da adoção do carro ecológico, não há interesse do governo para incentivar, uma vez que influencia diretamente com o álcool, afetando economicamente as empresas controladas pelo governo. Sendo assim, é necessário uma conscientização e uma mudança global para diminuir o impacto que estamos causando e, trabalhar por um mundo sustentável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui