Márcio Alaor de Araújo
Márcio Alaor de Araújo

Atualmente, colaboradores de diversos setores e equipes inteiras atuam de maneira remota na maioria das grandes empresas ao redor do mundo. A pandemia de covid19 impulsionou uma dinâmica que já vinha sendo adotada por diversas empresas. Desse modo, o empresário Márcio Alaor de Araujo explica que as companhias tiveram de se adequar da melhor maneira para suprir essa demanda Confira agora estratégias eficazes para gerir uma equipe de maneira assertiva e de forma remota. 

Os gestores tiveram de estudar maneiras de implementar seus direcionamentos e apontamentos no home office. Essa reinvenção, segundo Márcio Alaor de Araújo, foi fundamental para bons resultados na equipe. Desse modo, reuniões periódicas, feedbacks e ferramentas de gestão de tempo e tarefas foram cruciais para essa transição. 

Comunicação alinhada

O primeiro ponto que Márcio Alaor de Araújo ressalta é a importância de focar na comunicação da equipe. Essa comunicação precisa ser clara e objetiva, afinal, o tempo de trabalho de home office, se não for bem gerido, pode tornar-se um problema no andamento do projeto. Portanto, estabeleça reuniões bem estruturadas, com atas e pautas e cogite mandar um e-mail ao invés de realizar uma reunião. É claro que reuniões periódicas e de feedbacks são bem vindas, mas ainda assim necessita de expertise e agilidade na hora de conduzi-las.

Elabore um planejamento e utilize ferramentas de gestão

Uma das melhores alternativas de manter o desempenho de sua equipe é elaborando um planejamento claro com tarefas objetivas. Um dos maiores problemas vistos em equipes com grandes projetos foi a assertividade em delegar tarefas. Márcio Alaor de Araújo diz que com um bom planejamento é uma boa ferramenta de gestão de tarefas, o gestor consegue delegar de maneira assertiva as funções que irão ser desempenhadas pelos colaboradores, contribuindo, dessa forma, em uma boa gestão de equipes remotas.

Explore temas sobre produtividade, saúde e bem estar

A má gestão de tempo pode tornar-se um caos na vida do trabalhador, pois se o tempo de trabalho não for bem empregado em seu horário de expediente, essa demanda será arrastada para outros horários do dia, comprometendo sua rotina pessoal e associando a vida profissional e pessoal. Desse modo, é preciso que o gestor aborde temas sobre produtividade e rendimento, resultados e, sobretudo, saúde mental. Dicas, palestras, debates e formas de incentivos são bem vindos nesse momento. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui