O governo decidiu indicar o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, para o comando do BID Invest.

O Brasil obteve o direito de fazer essa indicação por ter apoiado o candidato dos Estados Unidos para a presidência do BID (Banco Interamericano Desenvolvimento). Os acertos burocráticos da indicação já estão em curso no governo.

Criado em 1959, o BID fica em Washington, nos Estados Unidos. A instituição trata de projetos de desenvolvimento na América Latina e no Caribe. O BID Invest é a divisão do banco responsável pelos investimentos em projetos privados de pequenos e médios portes.