Uma mulher com idade supostamente entre 30 e 40 anos morreu atropelada por um dos vagões do Trensurb, após cair sobre os trilhos da estação Canoas (Região Metropolitana de Porto Alegre). O fato foi registrado por volta das 8h desta quarta-feira (14) e está sendo investigado pela Polícia Civil, que ainda não confirmou a identidade da vítima ou outras circunstâncias do incidente.

Ela chegou a ser atendida por paramédicos uma unidade do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu, falecendo no local. Parte da estação foi isolada para a realização de análise pelo IGP (Instituto-Geral de Perícias). O caso está sendo investigado.

Por meio de sua conta no Twitter, a Trensurb se limitou a informar que havia alterações no serviço. O motivo alegado foi a ocorrência de um episódio envolvendo “invasão de via” – fato retificado por diversos internautas.

Interrupção

Houve bloqueio de uma das pistas do metrô, no sentido Região Metropolitana–Porto Alegre, exigindo que as composições férreas fossem desviadas para a plataforma oposta, das 8h30min às 11h, com o auxílio de funcionários da empresa na orientação de passageiros nas plataformas. Os horários foram completamente normalizados antes do meio-dia.

(Marcello Campos)