Onze Estados já pediram ao Tribunal Superior Eleitoral o envio de forças federais para garantir a segurança da eleição municipal, que ocorrerá no próximo domingo, e o livre exercício do voto. Estes Estados, onde foi identificada muita tensão na disputa eleitoral, estão localizados nas regiões Norte e Nordeste.

O número é elevado pois envolve 576 municípios e aldeias indígenas distribuídos nestes 11 Estados. Ontem, o presidente do TSE, ministro Luis Roberto Barroso, conversou com o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, sobre esta ação das tropas federais.

Em Canoas, Justiça Eleitoral multa prefeito em R$ 300 mil

A propaganda ostensiva do prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato (PTB), mencionando o auxílio emergencial municipal, com o uso de carro de som adesivado pelas ruas da cidade, levou a juíza Elisabete Kirschke, da 134ª Zona Eleitoral, a aplicar-lhe multa de R$ 300 mil. A denúncia foi apresentada pelo Solidariedade, que integra a aliança de apoio a Jairo Jorge, do PSD. A juíza impôs a Busato multa de R$ 100 mil pelo novo descumprimento da liminar que o proibiu de fazer propaganda do auxílio emergencial e de outros R$ 200 mil pela propaganda que menciona o benefício veiculada no carro de som. Busato vai recorrer.

Lula sofre nova derrota na PGR

Lula sofreu ontem mais um revés, com o parecer do procurador-geral da República, Augusto Aras, e da subprocuradora Lindôra Araújo se manifestando contra mais um pedido. Desta vez, Lula, condenado a mais de 30 anos de cadeia, mas aguardando o trânsito em julgado para terminar de cumprir a pena, pretende acessar informações e documentos de cooperação jurídica internacional relacionados a processos que envolvem o petista. O ofício foi encaminhado ao ministro Edson Fachin, relator dos processos oriundos de investigações da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), que pediu manifestação da Procuradoria.

Lula está recorrendo contra a decisão do ministro Herman Benjamin, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que derrubou uma liminar do colega Sérgio Kukina, favorável ao petista.

Weintraub provoca João Doria

Ex-ministro da Educação e atual diretor do Banco Mundial, Abraham Weintraub resolveu cutucar o governador de São Paulo, João Doria, a quem trata carinhosamente por “Docinho”:

“Docinho parece vendedor precisando bater a cota mensal para receber a comissão da empresa.
O dinheiro de nossos impostos gastos com essa “vacina” terá o destino de respiradores superfaturados, equipamentos e hospitais de campanha? Quem são as famílias ganhando bilhões com isso?

Osmar Terra agraciado com o Troféu Líderes e Vencedores

Agraciado com o Prêmio Líderes e Vencedores promovido pela Federasul, com apoio da Assembleia Legislativa, o deputado gaúcho Osmar Terra foi destacado na categoria Mérito Político.

“Ciente da responsabilidade em ter esse reconhecimento da sociedade e do meio político gaúcho, pela postura no enfrentamento à covid 19. Sempre orientada pelas evidências científicas e contra a desinformação e a tirania impostas com pretexto de salvar as vidas que nunca salvaram”, comentou.