Eles desembarcaram por volta das 5h30 em Porto Alegre, e foram encaminhados para três hospitais da capital gaúcha: Clínicas, Nossa Senhora da Conceição e Vila Nova. Rio Grande do Sul recebe mais nove pacientes com Covid-19 de Rondônia nesta sexta (29)
O Rio Grande do Sul recebeu, nesta sexta-feira (29), mais nove pacientes com Covid-19 vindos de Porto Velho, em Rondônia. O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) chegou no começo da manhã, por volta das 5h30, no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre.
Equipes realizaram uma triagem no momento do desembarque para definir para onde os pacientes iriam, conforme o quadro clínico de cada um. Foram encaminhados três pacientes para cada um dos hospitais: Clínicas, Nossa Senhora da Conceição e Vila Nova, todos em Porto Alegre.
Os pacientes têm entre 30 e 74 anos e são seis homens e três mulheres.
A chegada desses pacientes não impacta o cálculo das bandeiras do distanciamento controlado. Eles vão ocupar leitos clínicos que, atualmente, têm um percentual baixo de ocupação: cerca de 22%. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, eles só serão internados na UTI em caso de piora.
O Hospital Nossa Senhora da Conceição e o Clínicas já estão prestando atendimento aos nove pacientes que chegaram na quarta (27). Eles também ocupam leitos de enfermaria e estão sendo mantidos em isolamento, inclusive de outros pacientes Covid.
O mesmo procedimento será feito com os recém chegados desta sexta. Uma preocupação é que os pacientes vêm da região Norte do país, onde já foi descoberta uma nova variante do coronavírus.
Ambulâncias ficaram alinhadas no pátio de aviões aguardando a chegada do voo no aeroporto de Porto Alegre
Itamar Aguiar / Palácio Piratini
Em uma transmissão ao vivo pela internet, na quinta (28), o governador Eduardo Leite disse que o Hospital de Clínicas da Capital vai fazer um estudo com esses pacientes para descobrir a tipagem exata do vírus e ter certeza se é uma nova variante ou não.
“Se for, nós vamos comunicar não só ao estado de origem, como também vamos tomar todos os cuidados para que ele não circule no estado do Rio Grande do Sul. Agora, não tem como nós, aqui, termos segurança de que não haverá entrada no estado”, disse o governador.
Em nota, o Clínicas disse que primeiro faz o teste RT-PCR para definição da carga viral e, depois, com todas as amostras, serão definidas as que podem ter o sequenciamento do vírus.
Há, ainda, previsão de que mais pessoas cheguem ao Estado no sábado (30), e devem ser encaminhadas ao Hospital Universitário de Canoas. O Rio Grande do Sul se colocou à disposição para receber, no total, 50 pacientes – ou seja, ainda há vagas para 32. Os custos da viagem estão sendo arcados pelo governo federal.
Voo chegou no aeroporto de Porto Alegre por volta das 5h30 desta sexta
Reprodução/RBS TV
Vídeos: Bom Dia Rio Grande