Dez serão levados ao Hospital Universitário de Canoas e oito ao Hospital Conceição, em Porto Alegre, nesta segunda (1º). Santa Maria também deve receber pacientes manauaras esta semana. Estado já recebeu pessoas de Porto Velho (RO) para tratamento clínico na semana passada. Colapso da saúde em Manaus fez com que pacientes fossem transferidos do AM para outros estados
Patrick Marques/G1
O Rio Grande do Sul recebe, nesta segunda-feira (1º), mais 18 pacientes com Covid-19 vindos do Norte do país. Eles chegam de Manaus, capital do Amazonas, para atendimento em hospitais de Canoas e Porto Alegre.
O horário e o local de desembarque ainda não foram confirmados.
Todos devem ocupar leitos clínicos: 10 serão levados ao Hospital Universitário de Canoas e oito ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre. Caso algum deles apresente quadro mais grave após a triagem, será encaminhado ao Hospital de Clínicas da Capital, onde é feito o sequenciamento genético para determinar a tipagem do coronavírus.
Outro voo com mais 18 pacientes deve chegar na terça (2) e irá para os hospitais Universitário e Regional de Santa Maria.
“Agradeço o apoio das prefeituras e equipes técnicas de Canoas, de Porto Alegre e de Santa Maria e da rede privada, que também deu todo o suporte. A ação coordenada dessas equipes permitiu que a chegada de pacientes de Rondônia transcorresse sem problemas”, destaca a secretária da Saúde do RS, Arita Bergmann.
O estado havia se disponibilizado ao Ministério da Saúde a receber 50 pacientes de Porto Velho, capital de Rondônia. No entanto, segundo a Secretaria de Saúde do RS, diante de diversas desistências dos próprios pacientes, há capacidade hospitalar suficiente para prestar auxílio aos manauaras.
Nove pacientes chegaram na quarta-feira (27), e outros nove chegaram na sexta (29). Pelo menos quatro precisaram ser transferidos a unidades de tratamento intensivo (UTI).
Vídeos: Bom Dia Rio Grande
Initial plugin text