Outras cinco regiões receberam reforço de Avisos, no Sistema 3 As de Monitoramento. Capão da Canoa e Taquara apresentaram melhora nos indicadores de Covid. Região de Bagé recebeu Alerta do governo e terá 48h para apresentar plano de ação
Reprodução/RBS TV
O Gabinete de Crise do governo do Rio Grande do Sul emitiu, nesta quarta-feira (9), um sinal de Alerta para a região de Bagé, na Campanha, em razão da piora dos números da pandemia. Esse é o segundo nível do Sistema 3 As de Monitoramento da Covid, além de Aviso (fase 1) e Ação (fase 2).
A partir da notificação, os municípios da região têm 48h para apresentar um plano de ação ao Palácio Piratini, com protocolos mais rígidos de enfrentamento ao coronavírus. As medidas podem ser adotadas imediatamente, sem necessidade do aval do estado, que depois irá avaliá-las.
Além da inclusão de Bagé no nível de Alerta, o Executivo manteve 13 regiões sob o mesmo indicador (veja abaixo). O Gabinete de Crise ainda emitiu Avisos para Canoas, Guaíba, Lajeado, Novo Hamburgo e Porto Alegre.
O governo irá convocar uma reunião com representantes das regiões de Cachoeira do Sul, Ijuí, Passo Fundo e Santa Rosa. Conforme o Executivo, as ações adotadas nessas localidades não foram suficientes para conter a circulação do vírus. Os técnicos do Palácio Piratini irão reforçar a necessidade de medidas adicionais contra a Covid.
As regiões de Capão da Canoa e de Taquara, que já haviam recebido Avisos anteriormente, não foram notificadas. Segundo o governo, as localidades apresentaram melhora no cenário da pandemia.
Indicadores
O governo afirma que a região de Bagé registrou aumento de 32,8% na incidência de coronavírus a cada 100 mil habitantes na última semana. Também houve alta nas hospitalizações em leitos clínicos e de terapia intensiva (UTI).
De acordo com o Gabinete de Crise, Bagé apresenta a menor proporção da população vacinada com a segunda dose entre as 21 regiões de monitoramento, com apenas 10,2%. A média estadual é de 14,1%.
Nas regiões com Aviso, o Palácio Piratini observou aumento de casos de Covid em Canoas, Novo Hamburgo, Guaíba, Lajeado e Porto Alegre. Na Capital, a média entre a última semana e a atual subiu quase 330%.
Situação das regiões:
Alerta: Bagé, Cachoeira do Sul, Caxias do Sul, Cruz Alta, Erechim, Ijuí, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Pelotas, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo e Uruguaiana.
Aviso: Canoas, Guaíba, Lajeado, Novo Hamburgo e Porto Alegre.
Sem notificação: Capão da Canoa e Taquara.
VÍDEOS: Tudo sobre o RS