Magistrado foi aclamado pelos pares e comandará a Justiça Eleitoral até 2022. Desembargador Francisco José Moesch será vice-presidente e corregedor do tribunal. Desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa é eleito presidente do TRE-RS
O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) elegeu, nesta terça-feira (27), a nova gestão da corte para o biênio 2021/2022. O desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa será o presidente da Justiça Eleitoral no estado, tendo o desembargador Francisco José Moesch como vice-presidente e corregedor.
O resultado veio por aclamação, e a cerimônia de posse ocorrerá no dia 28 de maio. O magistrado será responsável pela organização, no RS, do processo eleitoral de 2022, quando serão disputados os cargos de presidente, governador, senador e deputados federais e estaduais.
Atualmente, o TRE-RS é presidido pelo desembargador André Luiz Planella Villarinho.
Perfis
Lima da Rosa é natural de Porto Alegre e bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) desde 1975. Um ano depois, foi aprovado no concurso para o cargo de juiz.
Como magistrado, atuou nas comarcas de Estância Velha, Guaíba, Santa Maria, Canoas e Porto Alegre. Desembargador desde 1997, Lima da Rosa foi presidente do Tribunal de Justiça (TJ-RS) entre 2008 e 2009. Atualmente, ocupa a vice-presidência e corregedoria do TRE.
Já Moesch é natural de Estrela, no Vale do Taquari. O desembargador ingressou no Judiciário indicado pelo chamado Quinto Constitucional, que confere a advogados uma vaga em tribunais. O magistrado foi vice-presidente do TJ-RS entre 2014 e 2016.
Desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa, novo presidente do TRE-RS
TRE-RS/Divulgação
VÍDEO: Tudo sobre o RS