Anfitrião do “jantar da paz”, que tentará nesta segunda construir novamente as pontes entre Rodrigo Maia e Paulo Guedes, o ministro do TCU Bruno Dantas afirma que o esforço dos últimos dias para reaproximar a dupla é uma tentativa de “exercitar o diálogo”.

“Não é possível que duas pessoas que pensam tão parecido em matéria de responsabilidade fiscal não consigam conversar”, diz Dantas. Tem razão.

Em tempo, tanto Maia quanto Guedes já confirmaram presença no jantar.