Negócio foi fechado por R$ 83 milhões

A Melhor Envio obteve uma receita de R$ 8 milhões em 2019

A empresa de logística Melhor Envio, de Pelotas (RS), foi comprada pela Locaweb pelo valor de R$ 83 milhões. Fundada em 2015, a Melhor Envio oferece uma plataforma de logística que permite o contato entre pequenos e médios vendedores e empresas de logísticas, permitindo a consulta simultânea de fretes e o acompanhamento das entregas. Em 2019, a empresa obteve uma receita de R$ 8 milhões.

Éder Medeiros, fundador da empresa, que abandonou a faculdade de ciências da computação para empreender, aprendeu a programar websites fazendo o protótipo da Melhor Envio porque na época não possuía recursos financeiros para investir. “Como eu estava começando do zero, começando do negativo pra ser mais exato (porque tinha dívidas na época) não tinha como contratar um programador ou uma empresa para prototipar o serviço. Por isso, eu pesquisei na internet como poderia fazer um website e assim fui construindo o protótipo”, conta. Em 2016, após perder o contrato com o único fornecedor, a empresa quase fechou as portas. Com isso, precisou demitir funcionários. Ele ainda contraiu novas dívidas com o banco para sobreviver, pagar o aluguel do apartamento que dividia com mais duas pessoas e ajudar a manter sua filha.

Para reconstruir a empresa, Medeiros e os sócios Maurício Mesquita e Bruno Centurião buscaram novas oportunidades em São Paulo. Além disso, participaram do StartupRS Digital, programa do Sebrae RS que auxilia as startups com novas soluções e aprendizados. O programa é voltado à validação do modelo de negócio, à preparação para vendas e a desenvolver produtos inovadores. Levaram o terceiro lugar e receberam um aporte financeiro da ACE Aceleradora. Logo depois, os sócios participaram do StartupRS Scale, voltado para empresas que buscam estruturar seus processos de vendas para atingir escala.