Com investimentos superiores a R$ 20 milhões, a expansão poderá gerar até 600 empregos

A empresa atua há mais de 20 anos no Rio Grande do Sul

A Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) formalizou nesta quinta-feira (17) um Protocolo de Intenções com o governo do Rio Grande do Sul para viabilizar a ampliação e modernização da fábrica na cidade de Montenegro. A assinatura ocorreu na sede da Taurus (empresa controlada pela CBC), em São Leopoldo, com a presença do governador Eduardo Leite e do presidente da CBC, Fábio Mazzaro (foto). O protocolo prevê o compromisso, por parte da empresa, de investir R$ 20 milhões na capacidade produtiva já instalada no RS até 2025. Há, ainda, a combinação de que a empresa mantenha um mínimo de 326 funcionários, mas esse número pode chegar a 600.

Em contrapartida, o governo gaúcho se compromete em conceder o diferimento do ICMS devido nas aquisições de fornecedores instalados e que produzem no RS, de máquinas e equipamentos industriais, e de acessórios sobressalentes e ferramentas que acompanhem esses bens, a isentar de pagamento do diferencial de alíquota do ICMS relativo a esses produtos quando adquiridos de outros Estados, desde que não aplicável alíquota federal de 4%; e a conceder o diferimento na importação desses bens, desde que não haja similaridade em produtos do Rio Grande do Sul.

No âmbito internacional, a CBC possui atuação global e é um dos maiores fornecedores mundiais de munição para países da OTAN. Com unidades produtivas no Brasil, Alemanha e República Tcheca e centros de distribuição no Brasil, Estados Unidos e Europa, o Grupo CBC é líder mundial em munições para armas portáteis. A confiabilidade de seus produtos é atestada por 130 países, nos cinco continentes.